terça-feira, 30 de agosto de 2011

DICAS SIMPLES, PORÉM EFICAZES

Se vc trabalha no 1º andar de um edificio, suba pela escada. Se vc trabalha no 2º andar, não vá de elevador, desça pela escada. Que tal descer pontos antes, do que vc esta acostumado e ir caminhando ? Se possível, acorde alguns minutos antes do seu costume, faça um alongamento e tenha certeza, que você irá perceber a diferença no resto do seu dia.
Estes são procedimentos simples, que podem contribuir para uma melhoria em sua saúde. É desta forma, que começamos a tomar gosto pelas atividades físicas.
"Um velho sem flexibilidade é um velho, um velho com flexibilidade é um jovem". (Joseph Pilates)

Bons treinos !

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Atividades físicas diminuem comportamento agressivo de crianças

Sabemos que a educação física melhora a coordenação das crianças, promove a sociabilidade e as encoraja a um estilo de vida saudável. Praticar esportes também é benéfico para o desenvolvimento cognitivo, emocional e comportamental das crianças.
Agora, uma nova pesquisa comprovou que, além disso, os sentimentos de agressividade diminuem com a prática de atividades físicas e promovem um maior autocontrole e disciplina.
A pesquisa, realizado em Tel Aviv, Israel, acompanhou 649 crianças de baixo nível socioeconômico que participaram de um programa contínuo com variados esportes. O resultado foi positivo, pois a agressividade das crianças que participaram do projeto diminuiu, em geral.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Máquina do Esporte - Após anunciar Lupo, Santos quer zelo com Neymar

EDUARDO LOPES
Da Máquina do Esporte, São Paulo - SP
Em 05/08/11 as 14:37
Neymar fez mistério em sua conta no Twitter: “Galera, uma novidade: agora eu meia!”. A brincadeira se refere ao seu novo patrocinador, a Lupo. Após apresentá-la oficialmente, outras duas empresas deverão ser anunciadas. Com os acordos firmados, o marketing do Santos já possui outro cuidado no momento: a superexposição.
Armênio Neto, gerente de marketing do Santos e um dos responsáveis pelo gerenciamento da carreira do Neymar, explica qual é a situação atual vivida por Neymar. “Temos que encontrar formatos para novos acordos. Não adianta ele ter 800 patrocínios e ficar superexposto”, afirmou.